O que são práticas jurídicas?

Sabemos que o mundo jurídico é recheado de uma teoria vasta e densa, o que torna as práticas tão importantes. Sem dúvida é nesse momento que os alunos começam a ver as leis e procedimentos sendo usados no mundo real. Desse modo, hoje vamos entender o que são práticas jurídicas e como elas impactam no crescimento dos futuros profissionais. Leia até o final!

O que são práticas jurídicas?

A princípio, as práticas jurídicas são atividades do curso de Direito que efetivam a experiência dos alunos. Esse é o primeiro contato que os alunos têm com o trabalho do advogado. Assim, atividades jurídicas são aquelas exercidas somente por bacharéis de Direito.

Nesse sentido, elas são essenciais para validar o aprendizado teórico. Em síntese, práticas jurídicas podem acontecer em escritórios de advocacia, Tribunais, órgãos administrativos, Ministério Público, etc.

Qual a importância da prática na academia?

O contato do aluno com as atividades práticas o auxilia a guiar a sua carreira. Nesse sentido, ao vivenciar o cotidiano da advocacia, surgem as afinidades com matérias e áreas específicas do direito. Além disso, é possível exercitar habilidades de escrita, discurso, proatividade e solução ágil de problemas.

Durante a prática jurídica, o aluno tem a oportunidade de ampliar habilidades de atendimento ao público, redação de peças processuais, mediação e negociação. Com efeito, nos cursos de Direito, essas práticas costumam ser gerenciadas por Núcleos de Práticas Jurídicas (NPJs).

Junto ao exercício da prática jurídica, publicar artigos, participar de cursos, congressos, workshops e outros eventos jurídicos ajudam na qualificação do estudante.

Como fazer práticas jurídicas efetivas?

Para garantir a efetividade de uma prática jurídica, é preciso atender a algumas recomendações do Ministério da Educação. Assim sendo, as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) têm o objetivo de desenvolver competências intelectuais, instrumentais e interpessoais.

A seguir, confira algumas das principais habilidades:

– Experiência estrangeira e internacional;
– Interpretação e compreensão das peças processuais;
– Comunicação clara e concisa;
– Pluralismo cultural e interdisciplinaridade;
– Conhecimento das regras éticas da profissão;
– Uso das novas tecnologias no Direito.

Como a tecnologia pode auxiliar nas práticas jurídicas?

Uma das principais funções da tecnologia é simplificar processos. Dessa forma, dentro de um NPJ, ela funciona como um acelerador. Isso melhora a acessibilidade para advogados, estudantes, professores e assistidos, o que reduz custos e aumenta a qualidade dos serviços prestados.

O aumento no número de edtechs é um reflexo da necessidade de unir educação e tecnologia para melhorar o aprendizado e formar profissionais mais capazes. Nesse sentido, a Bonsae é uma edtech que desenvolve soluções inovadoras voltadas para o curso de Direito.

Ela é uma plataforma educacional para gestão de práticas acadêmicas, jurídicas e virtualização de NPJs. Lá, você encontra tudo o que precisa para levar a experiência das práticas para a sala de aula desde os primeiros períodos da graduação. Isso ajuda o aluno a se identificar com as matérias e a seguir o curso até o fim, reduzindo taxas de desistência e evasão.

Quer saber mais? Agende uma apresentação!

Acompanhe todas as novidades sobre a bonsae em nosso instagram – bonsae (@bonsaeoficial) • Fotos e vídeos do Instagram